Inauguração do Estar Materno Eliziane Gai Menin no HRS
31/01/2019 - 08:50

Estar Materno


O dia 28 de Janeiro de 2019 foi um dia muito importante para o Hospital Regional do Sudoeste Walter Alberto Pecóits. O HRSWAP, inaugurou nesta oportunidade um espaço direcionado às mães durante a internação de seus filhos nas Unidades de Terapia Intensiva Neonatal(UTIN) e na Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal (UCIN). Este espaço recebe o nome de “Estar Materno Eliziane Gai Menin”, uma singela homenagem feita à uma funcionária/fonoaudióloga do Hospital, que faleceu no ano de 2015.
Na Inauguração contou-se com a presença da família de Eliziane (mãe, sogra, esposo, filha e irmã), foi um momento repleto e carregado de emoções.

 
w


“A Comissão de Humanização do HRS sugeriu nomear tal espaço de ‘Estar Materno Eliziane Gai Menin’, em homenagem à fonoaudióloga do hospital que faleceu em 2015, em decorrência de complicações da Síndrome de Hellp após o nascimento da filha, Lívia. Na ocasião, Eliziane, que atuava há mais de 4 anos no HRS como fonoaudióloga referência das UTI´s (Adulto e Neonatal), foi admitida na UTI Adulto, onde permaneceu por 1 mês internada, até seu falecimento em 16 de setembro do referido ano. Sua filha nasceu prematuramente às 29 semanas de gestação, passou longo período na UTIN, posteriormente, foi transferida para centro de referência em Curitiba para, finalmente, receber alta hospitalar.

 
a


Embora singela, a homenagem é repleta de significado e simbolismos para quem acompanhou essa situação de perto, sobretudo para a família de Eliziane e para seus colegas de trabalho. Repentinamente, a doce e competentíssima colega e amiga passou de profissional a paciente, assim como sua tão desejada filhinha. Ambas sob os cuidados dos setores onde Eliziane trabalhava diariamente.

 
e


Desse modo, muito legitimamente, a nossa querida Lizi dá nome a esse espaço materno. Ela, que também foi uma mãe de UTIN, é o nome desse local onde afloram tantas emoções, tantos sentimentos e onde reside tanta esperança e tanto amor.

 
s


Durante a internação de seus filhos, as mães da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) e da Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal (UCIN) do Hospital Regional do Sudoeste (HRS) contam com um espaço específico na instituição para sua permanência no período diurno, uma vez que a noite retornam ao Alojamento Materno, localizado num hotel da cidade. Trata-se de uma sala ampla, com copa e banheiro, onde as mães podem descansar quando não estão na UTIN com seus bebês e onde podem lanchar e interagirem entre si. Ali compartilham sentimentos, temores, expectativas, numa real vivência de identificação, apoio mútuo e solidariedade.

E este ambiente está ainda mais bonito e aconchegante com uma decoração especial gentilmente cedida pela Tatiane, irmã da Eliziane e proprietária da Galo´s Luminosos, que doou uma placa de identificação personalizada para a porta de entrada e um adesivo de parede com a logomarca do Estar, criada pela colaboradora membro do Núcleo da Qualidade e Segurança do Paciente, Cienara Cândido”.

Angela Morais
Psicóloga do HRSWAP

A diretora do HRSWAP, relata que por meio deste espaço, o hospital visa prestar o melhor atendimento à população, respeitando os preceitos técnicos e de Humanização. Para ela “A presença da mãe, do pai e da família neste processo de hospitalização é fundamental para a evolução positiva do quadro clínico”, enfatiza Cintia Ramos.

Últimas Notícias